Road Trip – Maine Part III: Old Port, Portland | Apanhando da Lagosta

bellenaamerica-7

Voltando pra mostrar o último pedacinho da nossa passagem por Portland, Maine. Hoje trago um pouquinho de Old Port, foi de lá que pegamos a balsa para Peaks Island.

bellenaamerica-8

Já falei que senti umas vibes anos 70 lá em Portland, né?! Olhem a caminhonete no topo direito da foto acima! Ao mesmo tempo, a arquitetura mostra que a cidade é antiga – não é atoa que faz parte de New England. Muito fofo, tem lojinhas, restaurantes, bares, pubs. E uma coisa que me chamou a atenção no norte do país foi a quantidade de sorveterias. Gente, esse povo toma sorvete no inverno também? I mean… no inverno do norte desse país? Kkkkkkkkkkk #oremos

bellenaamerica-10

O céu tava tão lindo nesse dia, tivemos sorte! Essa área com água é super charmosa, e tem restaurantes pra vc apreciar a vista enquanto degusta a famosa lagosta de Maine – tem que comer! Hahahahaha

bellenaamerica-9

Por isso, comemos mesmo! Esse é o restaurante Portland Lobster Co., recomendo. Música ao vivo, vista mara, e lagosta num preço acessível! Mais no vídeo:

Se tiver problemas para visualizar o vídeo, clique aqui.

Com certeza eu recomendo passar por Maine, especialmente por Portland. No verão é mais gostoso, eu acho, mas imagino como é o inverno por lá… Não sei se toparia! hahahaha

Espero que tenham gostado de conhecer um pouco de Maine comigo. Segura aí que ainda tem mais da última road trip!

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Anúncios

Road Trip – Maine Part I: Portland Observatory

bellenaamerica

Durante nossa road trip, um dos estados que visitamos foi Maine, e também foi o que passamos mais tempo. Consequentemente, visitamos mais lugares! Eis que só esse estado vai nos render 3 posts, e 3 vídeos. Já adianto que o estado é uma graça, mas vamos falar do Observatório de Portland…

bellenaamerica-1
Maquetes e planta da torre.

Em 1807 o capitão Lemuel Moody teve uma sacada genial: mandou construir a torre que seria o observatório, para ter visão das embarcações que estavam se aproximando do porto de Portland, e poder identificá-las em tempo suficiente para avisar aos que tinha interesse da informação. Até então, os navios eram vistos e identificados já muito próximos de atracar.

Moody criou um sistema de assinatura {subscription}, onde as pessoas pagavam $5 por mês para saberem com antecedência quando seus familiares ou mercadorias estavam chegando.

Ele identificava a embarcação de acordo com a bandeira, que era customizada e escolhida pelo próprio dono do navio! Ele erguia as bandeiras no mastro da torre como forma de repassar a informação {dos que eram assinantes, claro}.

O modo como a torre foi erguida é bem interessante. Moody não era engenheiro, mas era capitão e entendia de embarcações. Ele resolveu usar a lógica da construção de um navio, para construir sua torre. Pior que deu certo!

bellenaamerica-2

A vista lá de cima é bastante interessante: um 360 da cidade de Portland à quase 27 metros de altura!

photo-aug-14-11-31-29-am

O observatório só deixou de funcionar em 1923, quando o rádio chegou e tornou desnecessário o trabalho da torre. Quer ver mais? Dá play.

Se tiver problemas para visualizar o vídeo, clique aqui.

O observatório é patrimônio histórico nacional, e o único ponto de sinalização marítima ainda de pé nos Estados Unidos. A torre foi doada à cidade de Portland, restaurada, e abriu suas portas novamente em 1939. Em 1984 virou ponto turístico aberto à visitação.
O custo é de $10 por adulto, e você pode fazer o tour com ou sem guia. Para mais informação, clique aqui.
Endereço: 138 Congress Street on Munjoy Hill, Portland, Maine.

Próxima segunda tem mais Maine por aqui!

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Road Trip – Os Encantos de Vermont

@bellenaamerica (2)

Chegamos em Vermont no fim da tarde, e pegamos uma garoa e temperatura bem diferente do que estamos pegando por aqui – que bom! Nem liguei pra chuvinha…
De cara, o caminho saindo de NY e entrando no estado já me passaram a impressão de que eu iria me apaixonar pelo lugar, e me arrepender de passar apenas uma noite por lá! Dito e feito!
Nossa primeira parada foi no centro da cidade para checar o Lake Champlain. Lá também tem o Centro Ecológico, vários restaurantes, e essa barraca fofa de sorvete.

@bellenaamerica (3)

Jantamos no Skinny Pancake. Eu peguei um crepe de Nutella que tava muito bom! E ainda tinha música ao vivo – bônus! hahaha Recomendo o lugar! A batata doce frita também não ficava por baixo, e ainda por cima não é caro.

@bellenaamerica (4)

No outro dia fomos à uma loja de lembrancinhas famosa de lá, chamada Vermont Gift Barn and Gallery – muito fofa! Vários tipos de artesanatos, doces e, claro, Maple Syrup.
Entramos atrás de ímã de geladeira, saímos com uma sacolinha de lembranças.

De lá, antes de irmos para a fábrica do famoso sorvete Ben & Jerry’s {que eu vou mostrar no próximo post}, passeamos um pouco pela Church Street Marketplace. Lá você encontra restaurantes, pubs, lojas locais e conhecidas. Acho que é o point à noite. Esqueci de tirar fotos, mas tá tudo aí no vídeo!

Se estiver tendo problemas para visualizar o vídeo, clique aqui.

A cidade de Burlington foi sem dúvidas umas das que mais gostei de visitar até agora. Acho que por ser uma cidade pacata, ao mesmo tempo divertida. Por ser uma cidade destino para faculdade, tem muitos jovens, então tem que ter opções de lazer. Também é bem turística – eu vi vários turistas, inclusive do Canadá {que é bem pertinho}, no verão vira refúgio das famílias que querem correr do calor intenso, ter diversão e tranquilidade.
Com certeza uma cidade que eu poderia considerar morar, só tem que pensar duas vezes por conta do inverno beeeeem pesado!

Sobre o hotel que ficamos: os hotéis no nordeste do país nessa época estavam bem salgados… Optamos por um hotel em uma cidade vizinha e economizamos um pouco. O hotel era bem limpo e confortável. Ficamos no Days Inn Shelburne, e recomendo!

Espero que tenham gostado de conhecer um tiquinho de Burlington, Vermont, comigo!

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Road Trip – Antes de Pegar a Estrada

Viajar é ótimo, mas antes de você pegar a estrada {ou o avião}, é necessário planejar – até mesmo quem vai sem plano, tem que tomar algumas decisões.
No nosso caso, planejamos toda a viagem. Fizemos cálculos, financeiro e de tempo, e decidimos onde passaríamos e quanto tempo teríamos. Isso foi o básico.
Também fizemos mala, coisa que faço com todo o prazer {não é à toa que trabalho com organização ahaha}, separamos lanche pra viagem {já que estamos de carro}, checamos os pneus, e acordamos cedo pra arrumar tudo dentro do carango que seria nossa casa pelos próximos 9 dias.
Tudo isso dá um pouco de trabalho, mas é assim que fazemos para aproveitar o máximo de tempo possível. Viajar por 7 estados em uma semana não é tão easy, então o planejamento ajuda bastante.
No final, a quantidade de coisas que vemos no caminho, situações que passamos, realidades que conhecemos, fazem valer a pena cada minuto da viagem.
Fiz um vídeo com os preparativos finais, e o resultado você confere apertando o play.

Se não consegue visualizar o vídeo, clique aqui.

Quer saber como planejar uma road trip? Clica aqui.
Quer saber porquê viajar de carro pelos EUA é tão bom? Clica aqui!
E aqui eu te mostro como arrumo minha mala! 🙂

Espero que tenha gostado desse post de hoje!

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Road Trip – Epi 06: Nashville

Episode 01 (1)

E aqui está o último capítulo da #RoadTrip – mas calma! Já já tô postando a próxima, dessa vez para Maine. Feliz de estar fechando os estados da Costa Leste dos Estados Unidos! Yay! #VaiTerViagemSim #VaiTerRoadTripDeNovoSim

Para fechar então, estou trazendo um pouco de Nashville, também no Tennessee. A última parada de verdade foi Kentucky e West Virginia na volta, mas não contei como episódios porque foi bem rápido. Tem um pouquinho do caminho de volta no vídeo, incluindo uma casa sendo transportada num caminhão…

FullSizeRender
Country Music Hall of Fame and Museum

Para constar, ficamos no Sleep Inn. Hotel “de beira de estrada” que você vai achar em todo canto por aqui, e que eu recomendo.
End.: 3200 Dickerson Pike, Nashville, TN.

Nashville é a cidade onde os astros do Country Music começam, então já dá pra sacar daí que Tennessee é um estado bem ligado à música, né?!
Nossa primeira parada foi no Ryman Auditorium. O auditório, que tem capacidade para 2362 pessoas sentadas, é um patrimônio histórico nacional. Começou a ser construído ainda no século 19, com a intenção de ser uma igreja, na verdade. Mas também era alugado para eventos, e acabou virando um local para entretenimento. Ficou famoso a partir dos anos 20 como a casa do “Grand Ole Opry“, que era um programa de rádio, e mais tarde se tornou um programa de Tv, e recebia estrelas da música country.
O auditório passou por momentos difíceis, mas foi renovado em 1991, e hoje ainda recebe grandes nomes do country nacional.
O Ryman fica na 116 5th Ave N, Nashville TN – para mais informação, é só clicar aqui.

@bellenaamerica (15)

Segunda parada: Johnny Cash Museum.
O museu é relativamente novo, foi aberto em 2013 em homenagem a um dos grandes nomes da música country dos anos 50. Johnny Cash nasceu em Arkansas, e se mudou para Memphis em 1954, onde começou sua carreira no Sun studio {que já apareceu aqui também no episódio anterior}. No final dos anos 60 ele foi estrela de um programa de Tv, que era filmado no Ryman, em Nashville.
O museu conta com um grande acervo de instrumentos, roupas, até objetos de decoração {antiguidades} da casa do cantor. Pequeno, mas com muito pra ser ver. Com certeza uma parada obrigatória para quem é fã do cantor ou da história da música.
O museu fica na 119 3rd Ave S, Nashville TN – mais info aqui.

@bellenaamerica (16)

Também fomos ao Country Music Hall of Fame and Museum, um local que dá pra ir com a família toda. Tem muitos jogos interativos para divertir crianças e adolescentes, e conta com exposições de artistas do passado, e também da atualidade {como a Taylor Swift e Keith Urban}. É um dos maiores museus e centros de pesquisa dedicados à música americana. Se fosse pra escolher um dos três museus que visitei, com certeza escolheria esse por ter um acervo bem extenso, e também atual, e pela interatividade.
O museu fica na 222 5th Ave S, Nashville TN – mais info aqui.

@bellenaamerica (17)

Claro que também fomos à um BBQ! O Peg Leg Porker!

@bellenaamerica (18)

Pra fechar Nashville, fomos apreciar música. A cidade recebe artistas de todo lugar – muitos músicos ganham o pão fazendo participações em gravações para artistas solos. Nashville é a cidade das oportunidades para músicos, e foi isso que chamou a atenção do marido e nos levou pra lá {e provavelmente, vai nos levar novamente ainda esse ano}.

Se não consegue visualizar o vídeo, clique aqui.

O vídeo tem mais foto. Não sei o que aconteceu com meu material de vídeo… :/
Mas espero que vocês tenham gostado!
Obrigada ao Ben por mais uma vez estar me ajudando com os posts da viagem! ❤

Mal posso esperar pra viajar de novo em 3 semanas! #RoadTripNumber3

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Road Trip Day 1 & 2: Richmond VA + Asheville NC

Episode 01

Chegando o primeiro vídeo+post da série #RoadTrip {amém}, com nossa saída de casa, parada rápida em Richmond – Virginia, e também nosso passeio por Asheville, na Carolina do Norte.

Com direito a carro trenó, oficina de vidros artesanais {lindo!}, e parada no primeiro BBQ americano da viagem, o restaurante que já recebeu a Barack e Michelle Obama, e que tinha uma fila enorme {por que será?} pra entrar.

Roteiro:
Segunda: saída de casa (Silver Spring, MD); parada em Richmond (VA) pra comer; parada em Asheville (NC) pra dormir.
Terça: Passear por Asheville – Biltmore Estate, Lexington Glassworks, 12 Bones Smokehouse (lunch); partiu Alabama pra dormir!

Fomos na Biltmore Estate, que é um dos casarões mais antigos daqui. Infelizmente não entramos {e chegamos nem perto kkkkkk} porque era o olho da cara 😦 Mas filmei um pouquinhos do Gift Shop deles {serve? kkkkk}. Muito fofo!
O Lexington Glassworks, e o 12 Bones Smokehouse merecem post exclusivo aqui, concordam? Vou postar as fotos e contar mais sobre esses dois pontos que vale a pena dar uma passada…

Se você se empolgou e quer fazer uma viagem dessas também, te conto aqui como planejar!
E pode aguardar que o próximo vídeo sai logo logo! Se inscreve lá no canal e aqui no blog pra receber as notificações, rapaz!

Curtiram? Deixem suas opiniões, sugestões, críticas, ou esculhambações aí nos comentários! 😉

Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog e no canal do Youtube pra não perder nenhuma postagem!

NO-VI-DA-DE: tô no Periscope também, e tô doida pra fazer um live! Add lá @bellenaamerica ;*

Xo,
Belle Azevedo.