Bate-Papo Com Camila Araújo Blog Faça Você Também

bate-papo

Hoje eu tô trazendo um bate-papo pra falar de intercâmbio!
A Camila foi Au Pair na mesma época que eu, e hoje ela tá lá no Brasil, muito bem obrigada, trabalhando na Tv e blogando sobre trabalhos manuais e dicas no Faça Você Também. Mas ela arrumou um tempinho pra contar como foi a experiência dela de intercambista!

“Ter ido pro intercâmbio me ajudou a ver que o que vale mais é a experiência, é a história das pessoas, sabe? No meu trabalho eu ouço muitas histórias. Eu aprendo muito. E o intercâmbio me ajudou muito a ter uma visão diferente.”

fullsizerender-1
Foto: arquivos do insta @camila_dearaujo

“Ter inglês fluente sempre foi um sonho pra mim, e aí trabalhar e morar com uma família americana, nos Estados Unidos, falando inglês 24 horas por dia, era a solução perfeita!”

Mas vamos ao vídeo!

Se tiver problemas para visualizar o vídeo, clique aqui.

Espero que tenham gostado! Não esqueçam de acessar e se inscrever no canal dela Camila Araújo TV e no blog Faça Você Também, e seguir ela no Facebook e no insta @camila_dearaujo.

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Anúncios

Road Trip – Maine Part I: Portland Observatory

bellenaamerica

Durante nossa road trip, um dos estados que visitamos foi Maine, e também foi o que passamos mais tempo. Consequentemente, visitamos mais lugares! Eis que só esse estado vai nos render 3 posts, e 3 vídeos. Já adianto que o estado é uma graça, mas vamos falar do Observatório de Portland…

bellenaamerica-1
Maquetes e planta da torre.

Em 1807 o capitão Lemuel Moody teve uma sacada genial: mandou construir a torre que seria o observatório, para ter visão das embarcações que estavam se aproximando do porto de Portland, e poder identificá-las em tempo suficiente para avisar aos que tinha interesse da informação. Até então, os navios eram vistos e identificados já muito próximos de atracar.

Moody criou um sistema de assinatura {subscription}, onde as pessoas pagavam $5 por mês para saberem com antecedência quando seus familiares ou mercadorias estavam chegando.

Ele identificava a embarcação de acordo com a bandeira, que era customizada e escolhida pelo próprio dono do navio! Ele erguia as bandeiras no mastro da torre como forma de repassar a informação {dos que eram assinantes, claro}.

O modo como a torre foi erguida é bem interessante. Moody não era engenheiro, mas era capitão e entendia de embarcações. Ele resolveu usar a lógica da construção de um navio, para construir sua torre. Pior que deu certo!

bellenaamerica-2

A vista lá de cima é bastante interessante: um 360 da cidade de Portland à quase 27 metros de altura!

photo-aug-14-11-31-29-am

O observatório só deixou de funcionar em 1923, quando o rádio chegou e tornou desnecessário o trabalho da torre. Quer ver mais? Dá play.

Se tiver problemas para visualizar o vídeo, clique aqui.

O observatório é patrimônio histórico nacional, e o único ponto de sinalização marítima ainda de pé nos Estados Unidos. A torre foi doada à cidade de Portland, restaurada, e abriu suas portas novamente em 1939. Em 1984 virou ponto turístico aberto à visitação.
O custo é de $10 por adulto, e você pode fazer o tour com ou sem guia. Para mais informação, clique aqui.
Endereço: 138 Congress Street on Munjoy Hill, Portland, Maine.

Próxima segunda tem mais Maine por aqui!

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Morando Nos Estados Unidos: Como Vim Parar Aqui?

blog-graphic
Há 3 semanas venho postando minha saga – ou trilogia – lá no YouTube, e já que hoje é o último episódio, resolvi deixar os vídeos disponíveis todos juntos aqui no blog.

Muitas pessoas já me perguntaram como e porquê eu vim morar nos Estados Unidos. Finalmente contei minha história lá no canal, e se você tiver curiosidade também, assiste aí! 😉

PARTE I

Se não conseguir visualizar esse vídeo, clique aqui.

PARTE II

Se não conseguir visualizar esse vídeo, clique aqui.

PARTE III

Se não conseguir visualizar esse vídeo, clique aqui.

Espero que tenham gostado da história. Tentei passar a emoção da aventura, mesmo que de uma forma resumida. 🙂

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Road Trip New England – Albany, NY

@bellenaamerica (1)
Apesar da passagem ter sido rápida, e do calor de matar, deu pra aproveitar um pouquinho de Albany, a capital do Estado  de Nova Iorque.
Primeiro fomos matar a fome num restaurante local {como sempre, a gente valoriza o comércio local, né?} chamado Café Madison. Não fomos muito com a cara gosto da comida…

De lá demos uma andada no centro da cidade. Cada prédio lindo! Arquitetura show! Tanto por lá, quanto nos arredores da cidade também.

@bellenaamerica
Um pouco do que vimos, e o esquilo que pousa para fotos… ❤

O legal sabe o que foi? Ver todo o caminho de Long Island, que é uma área que fica leste à NYC, passar por Manhattan, Bronx, sair da muvuca, e chegar até Albany. Depois disso, cabou-se! É só área rural – mas rural mesmo! Enfim… Fiz um vídeo curtinho da nossa primeira parada. O resultado tá aí!

Se não estiver conseguindo visualizar o vídeo, clique aqui.

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Bate-Papo Com Andréa Santana | Au Pair, Primeiro Emprego Nos EUA e Mais

Bate-Papo

 

Mesmo estando uma num lado do país, e a outra no outro, consegui fazer essa entrevista com a Andréa Santana. A Andréa mora em Sacramento, cidade que fica há duas horas de São Francisco, Califórnia. A ex Au Pair conta um pouco de sua experiência no intercâmbio, dificuldades, trabalho, e a vida na América de cima.

Foram situações completamente diferentes, mas tirei proveito. Passei bons momentos, passei momentos de dificuldades, mas foram anos maravilhosos.

FullSizeRender (3)
Arquivo do Instagram @soul_drea

Não foi fácil. Sim, eu senti dificuldades, mas eu sabia que teria que começar do zero, começar de baixo. Mas eu vim disposta, e eu entrei numa empresa de construção como recepcionista do escritório de Recursos Humanos.

Se tiver dificuldade para visualizar esse vídeo, clique aqui.

Não deixe de seguir a Andréa, especialmente se você pensa em ser Au Pair! Ela oferece consultoria para quem pensa em fazer o intercâmbio. Acessa o site pra saber mais.
Acessa o blog, segue ela no Face, e se inscreve no canal do YouTube.
A Andréa também tá no insta como @soul_drea e no snap como dreatac.

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Estudando Nos Estados Unidos: O Que é Sponsor?

IMG_5080

Se você pensa em ser estudante aqui nos Estados Unidos, já deve ter ouvido falar na palavra “Sponsor” – mas o que danado é isso?
No vídeo abaixo eu explico o que é esse tal de sponsor, e quais as reais responsabilidades que ele/ela teria com o estudante.

Se você não consegue visualizar esse vídeo, clique aqui.

Se curtiu esse vídeo, e tem dúvidas ou sugestões, deixa aí nos comentários!

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Respondendo a TAG: 40 Coisas Que Aprendi em 3 Anos de Estados Unidos

TAG40 Coisas Que Aprendi em 3 Anos Morando Nos Estados Unidos

Fui desafiada pela Andrea Santana {Andrea Santana Blog} a responder uma tag que ela criou junto com a Kecia {Dia-a-Dia Nos EUA}, que é 40 Coisas que Aprendi, no meu caso, em 3 anos de Estados Unidos.
Eu fazendo 3 anos {entre idas e vindas} de terrinha do Tio Sam agora em Agosto – eu acho… Vamo contar?
Março 2010 – Junho 2011 = 15 meses;
Agosto 2014 – Fevereiro 2015 = 6 meses;
Maio 2015 – até agora = quase 15 meses…
3 anos = 3 x 12 = 36 {YAY! kkkkkkkkk’}

Demorei um pouco pra pensar nas 40 coisas, e algumas delas acabou saindo em comum com as meninas. Mas aqui vai! #oremos

Se você não consegue visualizar esse vídeo, clique aqui.

Sigam as meninas também:
AndreaYouTube | Blog | Facebook | Snap: dreatac | Insta: @soul_drea

Kecia –  YouTube | Blog | Facebook | Snap: kecia_eua | Insta: @dia_a_dia_nos_eua

Gostaram dessa tag? Gostaram das minhas respostas? Deixa aí seu comentário com sugestão, reclamação, opinião, esculhambação, ou elogio! =p

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog, no canal do Youtube, e curtir a página do face pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Entrevista Martha Sachser – NY & About | Intercâmbio, Vida em New York, Trabalho, Faculdade Americana, e mais

Ela é uma fofa, fã de Saylor Moon, Selena Gomez, e apaixonada pela cidade que nunca dorme. A Martha Sachser mora nos Estados Unidos há quase 10 anos, já viajou quase o país inteiro, é fotógrafa {clica aqui pra ver o site de fotografia dela}, e residente do bairro do Queens, em Nova York. Tem um blog {NY & About} e canal no YouTube {Martha Sachser}, onde ela divide muita informação interessante sobre NYC, e sobre morar/estudar por aqui.

Photo por: Débora Mendonça – @deboramendonca.nyc


Ela conta um pouco da sua trajetória nessa entrevista que fiz com ela no final do mês de maio! Clica aí no vídeo pra ver!

Se está com problemas para visualizar o vídeo, clique aqui.

Curtiu?
Então entra lá no blog NY & About e se inscreve no canal dela!
AH! E se pensa em fazer sessão de fotos enquanto visita a cidade, não esquece de entrar em contato no site dela de fotografia – Martha Sachser Photography.
Insta: @blognyandabout @marthasachser | Snap: marthanewyork

Vídeos Sugeridos:
Maquia e Fala {Com a Martha e a Débora}
Organizando a cozinha da Martha {com participação minha}
Hábitos americanos que praticamos nos Estados Unidos {com participação minha e da Débora}

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog e no canal do Youtube pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Tag: 5 Coisas Que Amo e Odeio Nos Estados Unidos – Vídeo Sem Cortes

Galera, resolvi responder essa tag, mas de um jeito quase ao vivo! kkkkkkkk’
No caso, não foi ao vivo, mas foi gravado e postado sem edição. Então desculpa aí que ficou um pouco longo… HEHEHEHE’ Isso já foi um teste pra fazer um ao vivo no futuro 😉

Falem se gostaram do vídeo, do formato,  e qual tema vcs querem ver ao vivo! Uiuiui!

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog e no canal do Youtube pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.

Trabalhando Nos Estados Unidos – Zumba Instructor

IMG_4940

Acho que todo mundo já ouviu falar de Zumba, não é mesmo? Sabia que, aqui nos Estados Unidos, é fácil se tornar instrutor? – Pois é tão fácil que até eu tenho o certificado de booty shaker, benhê! HAHAHA
Se você curte mexer o esqueleto, e quer fazer uma grana extra por aqui, Zumba pode ser sua solução. Eu digo grana extra porque dificilmente você vai conseguir fazer da zumba um full time job, ou mesmo part time… Seria necessário dar muitas aulas pra você realmente fazer uma boa quantia, mas o máximo de aulas sugerido para um instrutor pegar é 10 por semana – por questões de saúde mesmo.

FullSizeRender (2)
Treinamento – No final a turma se junta pra eternizar o momento 😉

Para ser instrutor, primeiro você precisa fazer o treinamento chamado basic 1, que custa em média $225 {quanto mais cedo pagar, mais barato fica}, numa data que esteja disponível na sua cidade, e que seja conveniente pra você. O treinamento dura um dia inteiro apenas, e lá você vai aprender o básico da Zumba, montar coreografias e o playlist, e os passos de alguns ritmos como Salsa e Cumbia. Você recebe o material e seu certificado no mesmo dia, e já pode começar a ensinar Zumba na mesma semana!
*Algumas academias exigem treinamento de primeiros socorros*

FullSizeRender (1)
Foto: Arquivo Pessoal

A Zumba é uma aula de aeróbica que tem como base a dança, mas que mistura vários ritmos. A verdadeira Zumba coloca, em uma só aula, uma mistura de Merengue, Salsa, Samba, Hip Hop, e outros ritmos. A coreografia não deve ser muito incrementada, é uma coisa mais simples, mas de acordo com o ritmo que está sendo tocado. Isso tudo é passado no dia do treinamento.

Uma vez que você tem seu certificado para o Basic 1, você pode fazer o Basic 2, e também outras modalidades como Zumba Kids {criança e adolescente}, Gold {idosos}, Acqua {na água} e etc.

IMG_4941
Foto: Divulgação

– Mas e se eu gostar de dançar, mas não tiver tanto gingado?
Uma coisa que reparei, tanto no treinamento, quanto indo para aulas de Zumba, foi que gingado não é a coisa mais importante não. Se você tem uma energia pra cima, coordenação {para fazer os passos}, e sabe como levar uma turma, com certeza você terá sucesso como instrutor(a). O fato de ser brasileiro(a) por si só já atrai uma galera para as aulas.

 

A marca Zumba vende não apenas os cursos, mas também roupas, sapatos, acessórios, DVDs e equipamentos, e agora também tem a parte de acompanhamento nutricional. A empresa está expandindo a cada ano, e as classes estão cada vez mais populares.
Uma vez que você vira instrutor, você pode fazer parte da comunidade ZIN – onde você terá vantagens e descontos na loja virtual, pagando uma taxa mensal de mais ou menos $35. Nessa comunidade você pode achar oportunidades de trabalho, assim como academias podem achar os instrutores através do código de área {Zip Code}. É uma vantagem se você realmente pretende colocar a cara no sol e procurar academias para dar aulas regularmente.

FullSizeRender
Minhas primeiras – e únicas – blusinhas da Zumba

A média é de 1000 calorias gastas numa aula de 50 minutos. Isso já é um atrativo muito grande, mas o fato de você estar dançando e se divertindo enquanto queima gordurinha é o que torna essa modalidade tão popular a cada dia que passa.

Eu acabei não levando minha carreira de Instrutora pra frente por motivos pessoais mesmo, mas super recomendo. O valor pago por aula varia de região pra região. Na área de DC por exemplo é de $30 a $45/aula – depende da academia e da especialidade.

E aí? Gostou dessa opção? Para saber mais é só ir no zumba.com 😉
Se você se interessou em dançar em casa mesmo, no YouTube tem vários canais com instrutores pra você suar na sua sala. #ficadica

Eu sou Izabelle Azevedo, autora do blog #BelleNaAmérica.
Para atualizações diárias, é só seguir o Instagram e o Twitter @bellenaamerica, e o snap iammissbelle. E também se inscrever aqui no blog e no canal do Youtube pra não perder nenhuma postagem!

———> Já conhece o #ProjetoEntrandoNoEixo? Clica aqui! 

Xo,
Belle Azevedo.